Páginas

sábado, 4 de junho de 2011

amo-te

no dia pensares q foi errado o q fizemos, q o q passamos não valeu nada, e q me amares foi um desperdicio de tempo, então nesse dia, diz-me apenas q chegou, chegou a hora de te deixar ir, de te largar a mão e q és bem capaz de seguir a tua vida sem mim do teu lado, a apoiar-te qd sempre precisas-te.
porque apesar disso, eu sei q nc nada nosso foi em vão. teve tudo a sua razão, e o seu motivo. sempre tentei dar-te tudo ao meu alcance, mas haverá um dia em q nem isso chegará para te prender a mim.
apesar de nc nos termos deixado até hoje, penso q este dia está perto. tanto tempo juntos, para em apenas umas palavras e umas fracções de segundo acabar. tudo o q foi de mais precioso nas nossas vidas á uns tempos, nesse dia irá ser nada para ti.
eu? ficarei bem. triste, magoada, desamparada, desiludida, e tudo mais. mas bem. como se diz, "sorri porque aconteceu, não chores porque acabou." eu sempre segui esse caminho, sempre gostei de desafios, por mais dificeis q fossem. este então, posso dizer q é dos mais dificeis q terei q passar. mas encontrarei alguém q fará os mesmos erros, os mesmos carinhos, e q sentirá o mesmo amor q tu sentes, q tu sentis-te, e fará de tudo para não me perder, como eu faço contigo ou tu fazes agora comigo. porque muitos deles há por aí. com vontade de amar como nós nos amamos. têm é falta de oportunidade, e eu darei essa oportunidade a quem pedir. a quem se esforçar. a quem eu sinta q sou feliz, tanto como fui ou sou, por enquanto, contigo. não irá ser igual a ti, nem ocupar o teu lugar. porque primeiro amor, é sempre o primeiro, e não haverá nenhum mais forte, ou inesquecivel quanto ele. mas isso são palavras bonitas. sim, podem ser sentidas. mas é facil esquecer alguém q foi o tal, o mais importante, o amor de adolescente. tenho visto vários casos disso. mas talvez nunca se tenham amado tanto quanto nós. daí dizer q a ti, nunca esqueço. não te vou referir mais, até porque quero acabar isto. não vale a pena tantas palavras quando posso fazer apenas uma frase dizendo o q sinto por ti e q quero q nunca me deixes, mas q se o pensares fazer, eu aceitarei bem.



                                                                           amo-te sempre, não esquece.